Responsive Ad Slot

SCS Quadra 3, Bloco A, Entrada A/B, Lote 40
70303-901 - Edifício Planalto, Sala 106
(61) 3347-6110
Últimas Notícias

Energia Solar

Energia Elétrica

Vídeos



Mais vídeos

Inovação

EMPREGO

Trabalho

NORMAS

Debate sobre a reforma do ensino médio e os impactos na educação profissional de nível técnico

Publicado segunda-feira, 28 de agosto de 2017
A Comissão de Educação tem audiência pública, na quinta-feira (31), para debater a recente reforma do ensino médio (Lei 13.415/17) e os impactos sobre a educação profissional de nível técnico.

O evento foi proposto pelo deputado Giuseppe Vecci (PSDB-GO) e subscrito pelos deputados Lobbe Neto (PSDB-SP), Danilo Cabral (PSB-PE) e Flavinho (PSB-SP).

Convidados

Foram convidados para participar da audiência:
 -Eline Neves Braga Nascimento, secretária nacional de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec);
- Silvio de Sousa Pinheiro, presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE);
- Rafael Lucchesi, diretor de Educação e Tecnologia da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e diretor-geral do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e superintendente do Serviço Social da Indústria (Sesi);
- Antonio Idilvan de Lima Alencar, presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed); e
- Laura Lagana, diretora-superintendente do Centro Paula Souza.

Hora e local

A audiência ocorrerá no plenário 10, a partir das 9h30.
A audiência é interativa. Participe, enviando perguntas e sugestões por meio do endereço:




Audiência Pública debate o PL de Inovação do Distrito Federal

Publicado sábado, 26 de agosto de 2017
O anteprojeto da Lei de  Inovação do Distrito Federal começou a ser discutido no final de 2015. Já passou por consulta pública no qual foram recebidas sugestões pela Secretaria Adjunta de Ciência, Tecnologia e Inovação - SECTI DF. O relator do PL de Inovação é o Distrital Prof. Israel.

“Essa é a oportunidade de falarmos a verdade sobre desenvolvimento tecnológico no DF e entorno. Temos a obrigação de comparecer e debater, principalmente, sobre geração de riquezas e emprego ao invés de aumentar o Custo do Estado”, alerta Emerson Tormann, Diretor Regional do Sindicato dos Técnicos Industriais do Distrito Federal - SINTEC-DF.

Participe. Sua contribuição é muito importante para o desenvolvimento tecnológico do DF. Convide seus amigos e parceiros, compartilhe conhecimento e faça parte dessa história...

Veja aqui o anteprojeto de Lei.

Projeto de Lei de Inovação
apresentacao_pli.pdf



AP - Lei de Inovação do Distrito Federal
Data de início:13/09/17 

Data de término: Nenhum 
Duração:10:00 – 13:00 (Fuso horário sensitivo) 
Tipo:Audiência pública
Autoria: Dep. Professor Israel Batista
Local: Plenáro da CLDF
Numero De RequerimentoMemo 45/17

Fonte: CLDF

Audiência Pública na CCJ debateu o desmembramento do conselho de engenharia e agronomia

Publicado sexta-feira, 25 de agosto de 2017


A notícia

Audiência na CCJ vai debater projeto que cria conselhos de técnico industrial e agrícola

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados realiza nesta quinta-feira (24) audiência pública para debater o Projeto de Lei 5179/16, que cria o Conselho Federal dos Técnicos Industriais e Agrícolas e os conselhos regionais das categorias. O debate foi proposto pelo deputado Esperidião Amin (PP-SC).

As profissões de técnico industrial e técnico agrícola foram regulamentadas pela Lei 5.524/68 e pelo Decreto 90.922/85. Pelo decreto, esses profissionais só podem exercer suas atividades depois do registro em conselho profissional, que até hoje não existe.

Atualmente, o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) tem desempenhado a normatização dessas duas categorias.

Autonomia

De autoria do Poder Executivo, a proposta enquadra os novos conselhos como autarquias com autonomia administrativa e financeira e com imunidade tributária. As entidades serão responsáveis por orientar, disciplinar e fiscalizar a atuação dos técnicos. Pelo texto, elas serão compostas por uma diretoria executiva e um plenário para deliberação por conselheiros eleitos.

Os conselhos serão mantidos com rendas de doações, subvenções, convênios e outros rendimentos. Além disso, entrarão na receita das autarquias as anuidades e contribuições dos técnicos industriais e agrícolas, além de multas, taxas e tarifas de serviços, conforme a Lei 12.514/11, que regulamenta as contribuições devidas aos conselhos profissionais em geral.

O projeto já foi aprovado pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Finanças e Tributação. Na CCJ, a proposta aguarda parecer do relator, deputado José Fogaça (PMDB-RS).

Convidados

Foram convidados para a audiência:
- o representante do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) Marcos Luciano Camoeiras Gracindo Marques;
- o representante dos Conselhos Regionais de Engenharia e Agronomia (Creas) Carlos Alberto Kita Xavier;
- o representante da Federação Brasileira de Associação de Engenheiros, Agrônomos e Arquitetos (Febrae) Edemar Amorim;
- o representante da Federação Nacional dos Técnicos Industriais (Fentec) Wilson Wanderlei Vieira;
- o representante da Federação Nacional dos Técnicos Agrícolas (Fenata) Mário Linberger;
- o representante da Associação dos Técnicos Agrícolas do Brasil (Atabrasil) Carlos Dinarte Coelho;
- o representante da Organização Internacional dos Técnicos (Oitec) Ricardo Nerbas;
- o representante da Associação Brasileira do Ensino Técnico (Abeti) Jessé Barbosa Lira;
- o representante da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) Vitório Alves Freitas; e
- o representante do Sindicato dos Técnicos Agrícolas do Rio Grande do Sul (Sintargs) Luiz Roberto Dalpiaz Rech.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:
PL-5179/2016

Fotos





















Fonte: 'Agência Câmara Notícias'

Eleições SINTEC-DF 2017

Publicado sábado, 19 de agosto de 2017
Eleições SINTEC-DF 2017 - Processo Eleitoral

O Sindicato dos Técnicos Industriais de Nível Médio do Distrito Federal – SINTEC-DF, conforme seu estatuto (Capítulo XIV - DO PROCESSO ELEITORAL - Artigo 74 que diz que ss eleições do SINTEC-DF serão regulamentadas pelo Regimento Eleitoral deste estatuto).

A Comissão Eleitoral do Sindicato dos Técnicos Industriais de Nível Médio do Distrito Federal – SINTEC-DF convoca os Técnicos Industriais filiados, em suas diversas modalidades, para o processo Eleitoral de escolha da nova Gestão para o mandato de 2018 a 2021, e informa o Calendário Eleitoral:
  • O Registro de Chapas será de 21 a 25 de agosto de 2017, no SINTEC-DF; 
  • A Eleição e apuração será no dia 25 de outubro de 2017;
  • A Posse da Diretoria eleita para a Gestão 2018 a 2021 será no dia 1º de janeiro de 2018.
  • O local para registro das chapas será no SCS Quadra 1, Bloco E, Lote 30, Sala 613, Edifício Ceará, Asa Sul, sede do SINTEC-DF no horário das 13 às 18 horas. 
  • A votação será no dia 25 de outubro de 2017, das 10 às 18 horas. 

Técnico em Eletroeletrônica Sergio Luiz Leão 
Presidente da Comissão Eleitoral
SINTEC-DF

Audiência pública - Conselho Profissional dos Técnicos

Publicado quarta-feira, 16 de agosto de 2017


A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania – CCJC, irá realizar Audiência Pública para debater o Projeto de Lei nº 5.179/2016, que “Cria o Conselho Federal dos Técnicos Industriais e Agrícolas e os Conselhos Regionais dos Técnicos Industriais e Agrícolas”. O presidente da Comissão é o Dep. Rodrigo Pacheco. O relator do Projeto de Lei nº 5.179/2016 é o Deputado Federal Giovani Cherini.

Portanto, muita atenção, pois o projeto de criação do Conselho próprio dos Técnicos está com uma ação que precisa da participação intensa de todos.

A Audiência Pública que irá discutir o projeto acontecerá no próximo dia 24 de agosto no Anexo II, Plenário 01 da Câmara dos Deputados às 14:00 horas.

Precisamos levar o maior número de Técnicos do Distrito Federal, para defender a categoria na Audiência Pública e a criação do Conselho Profissional.

http://www.camara.leg.br/internet/ordemdodia/ordemDetalheReuniaoCom.asp?codReuniao=48597


CÂMARA DOS DEPUTADOS
COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA 55ª Legislatura - 3ª Sessão Legislativa Ordinária
PAUTA DE REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA
AUDIÊNCIA PÚBLICA
DIA 24/08/2017

Comissão de Estudo de Perícias de Engenharia na Construção Civil inicia os trabalhos de atualização da NBR 13752

Publicado sexta-feira, 21 de julho de 2017
A Comissão de Estudo de Perícias de Engenharia na Construção Civil (ABNT/CB-002) reuniu-se no dia 20 de julho de 2017, no auditório da sede do IBAPE SP, para reativar a ABNT/CE-002:134.003. O grupo irá discutir e revisar o texto-base do projeto de revisão da norma ABNT NBR 13752:1996 - Perícias de Engenharia na Construção Civil.

Comissão de Estudo de Perícias de Engenharia na Construção Civil

O IBAPE já havia protocolado em março deste ano a proposta de reativação da Comissão de Estudo Perícias de Engenharia na Construção Civil da ABNT NBR 13752. A partir de hoje e durante os próximos meses, a Comissão de Estudos vai se dedicar à discussão e estabelecimento, por consenso, regras, diretrizes ou características para atualização da referida NBR.

Para isso, reuniões mensais serão realizadas, na sede do IBAPE. São convidados a participar especialistas em perícia e laudos periciais na área de engenharia. No Distrito Federal, o único representante e membro da comissão, é o Dr. Mário Galvão Jr. - Engenheiro Civil. Ele diz que “a revisão da norma vem em boa hora já que o número de processos judiciais envolvendo falhas construtivas e de manutenção nas edificações vêm crescendo nos últimos anos nos tribunais de justiça de todo o Brasil” - afirma.

No escopo da revisão está prevista a normalização no campo de perícias de engenharia na construção civil, no que concerne a terminologia, requisitos, procedimentos e diretrizes. Alguns dos tópicos debatidos na reunião foram:
  • Atividades técnicas e administrativas;
  • Exposição e motivos da convocação da CE;
  • Exposição do coordenador da CE;
  • Indicação do secretário da CE;
  • Planejamento dos trabalhos.

“Mesmo não sendo uma norma extensa, com apenas 8 páginas, ela requer muita atenção. Por isso, em dois anos aproximadamente teremos essa nova norma publicada”, prevê Mário Galvão, Diretor Técnico da Ponsi Consultoria em Obras Inteligentes e membro da ABNT/CB-002.

A comissão terá pela frente importante tarefa de atualizar norma com mais de 20 anos. As dificuldades estão concentradas principalmente em elencar as melhores ferramentas disponíveis atualmente no campo da perícia em engenharia. Para se ter uma ideia, a primeira versão da NBR 13752 levou aproximadamente 3 anos para ficar pronta.

De lá para cá, algumas legislações novas surgiram e outras foram atualizadas, além do aparecimento de novos recursos tecnológicos, materiais e ferramentas. Por exemplo, podemos citar o o surgimento da internet e todas as facilidades advindas dela, atualização do Código do Processo Civil, adoção de Câmaras de Arbitragem e Conciliação entre outras.

Com essa atualização, advogados e juízes poderão conduzir os processos com melhor clareza e maior celeridade. Os procedimentos de produção e análise de relatórios e laudos técnicos terão um documento de orientação embasado em técnicas de diagnóstico mais próximos da realidade do mercado. E isso é crucial para que a sentença não deixe dúvidas a nenhuma das partes. O que é bom, principalmente, para resguardar síndicos quanto às responsabilidades de apresentar pareceres técnicos de manutenção periódica predial.

Todo o processo de atualização da norma segue um fluxo (ver figura abaixo) no qual é observada uma demanda e encaminhada para para o Programa de Normalização. Em seguida elabora-se o projeto, esse projeto vai para consulta pública e depois do resultado pode ser aprovada ou retorna à fase de projeto. Sendo assim, poderá levar até mais de dois anos essa atualização.


A Comissão de Estudo segue algumas regras para não fugir do escopo. Também tem um papel bem definido de acordo com as demandas apresentadas. E tudo isso será coordenado pelo Eng. Frederico Correia Lima - Presidente do IBAPE Nacional. Já a Superintendência do CB-002 fica a cargo do Eng. Salvador Benevides.


Entre os participantes estão o Eng. Arival Cidade – Presidente do Conselho, Eng. Octavio Galvão Neto – Membro do Conselho e Coordenador da Norma de Pericias do IBAPE SP e a Chefe da Secretaria Executiva ABNT/CB 002, Rose Lima.

Para maiores informações, entre em contato com a Chefia da Secretaria Técnica-Executiva do Comitê Brasileiro da Construção Civil pelos fones (11) 3334-5620 ou (11) 99205-4922. Ou e-mail cb002@sindusconsp.com.br

Da redação por Emerson Tormann.

COMUNICADO- NOVO ENDEREÇO SINTEC-DF

Publicado quinta-feira, 9 de março de 2017
COMUNICADO URGENTE: Mudamos de endereço!

Prezados Técnicos e demais cidadãos

O SINTEC-DF comunica que a está funcionando em novo endereço, conforme dados abaixo:

SCS Quadra 3, Bloco A, Entrada A/B, Lote 40, Sala 106
Edifício Planalto, Asa Sul, Brasília / DF
CEP 70303-901
Fones: (61) 3347-6110

EVENTO - FÓRUM POTÊNCIA - etapa Brasília

Publicado

Programação

Direção técnica: Prof. Hilton Moreno


8h00 – 8h30: Credenciamento

8h30 – 9h00: Abertura

9h00 – 9h30: Termografia: o futuro da eficiência energética
Antonio Tadashi, especialista da FLIR

9h30 – 10h00: Novidade em iluminação de alta potência: tecnologia avançada para redução de energia e aumento de vida útil de lâmpadas
Ana Albier, especialista da LUMINO

10h00 – 10h30: Luz além da Iluminação
Arthur Carrão, especialista da PHILIPS

10h30 – 11h15: Intervalo

11h15 – 11h45: Cabos elétricos para instalações fotovoltaicas
Hilton Moreno, consultor da COBRECOM

11h45 – 12h15: DR: não sou doutor, mas salvo vidas!
Marco Oliveira, diretor da IPT ENGENHARIA

12h15 – 14h00: intervalo

14h00 – 15h00: Geração Distribuída – novas oportunidade no Brasil
Carlos A. F. Evangelista, presidente da ABGD – Associação Brasileira de Geração Distribuída

15h00 – 15h30: Acessórios elétricos e o conceito FIDES
Everton L. De Ros, consultor da DUTOTEC

15h30 – 16h15: Intervalo

16h15 – 17h15: Eficiência energética das instalações elétricas
Hilton Moreno, professor, consultor do PROCOBRE BRASIL, diretor da REVISTA POTÊNCIA e REVISTA DA INSTALAÇÃO

17h15 – 17h30: Sorteio de brindes e encerramento



APOIO





Patrocínio do Fórum Potência


Organização



Divulgação



PROCEDIMENTO PARA INSCRIÇÃO:

Informamos que para realizar a inscrição gratuita, será necessário apenas acessar o link abaixo, preencher o formulário e indicar o “APOIADOR”(SINTEC).


Link para realizar a inscrição: http://revistapotencia.com.br/forum-potencia/inscricao.html



EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL DIA 23/02/2017

Publicado quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017
O Sindicato dos Técnicos Industriais de Nível Médio do Distrito Federal – SINTEC-DF, com sede no SEPN 516 Bloco BL “A” sala 508, Brasília-DF, convoca todos os Técnicos Industriais para comparecerem à Assembleia Geral Extraordinária, a ser realizada na sede do Sindicato, em 23 de fevereiro de 2017 às 18:00 horas em primeira convocação e às 19:00 horas em segunda convocação com o quórum estabelecido no Estatuto, para deliberarem sobre a seguinte pauta:


  1. Autorizar a direção do SINTEC-DF, para início às negociações Coletivas de Trabalho, assinar Acordo ou Convenção Coletiva, e atos consequentes perante o E. Tribunal Regional do Trabalho;
  2. Aprovar Pauta de reivindicações a ser apresentada para Acordos Coletivos, bem como Convenções Coletivas de Trabalho junto as Empresas e Sindicatos Patronais no ano de 2017.



Técnico em Edificações Luzimar Pereira

Presidente

A MENTIRA SOBRE O ROMBO NA PREVIDÊNCIA SOCIAL

Publicado sábado, 18 de fevereiro de 2017

O Sindifisco Nacional divulgou um vídeo para alertar que o rombo na Previdência Social é uma farsa.

Site: www.sindifisconacional.org.br
"Somos Auditores": www.somosauditores.com.br

Para sindicalistas, Brasil vivencia uma ditadura disfarçada

Publicado
O controle das organizações governamentais, do Congresso Nacional, da Justiça e o apoio conivente da mídia, fazem com que o Brasil esteja vivendo um período de ditadura velada. A avaliação é de sindicalistas que participaram do Congresso Extraordinário dos Vigilantes realizado neste sábado, em Brasília. Eles também afirmam que o golpe ainda está em andamento.

O deputado Chico Vigilante avalia que a maioria da população já percebe que aconteceu um golpe parlamentar-midiático no país. Na visão do parlamentar, o Brasil vive uma ditadura devido o controle do Congresso Nacional e do STF pelos partidos golpistas.

“As pessoas não percebem que estão em uma ditadura”, afirma.

Chico Vigilante ressalva que, no período militar, o país contava com uma justiça que possibilitava o embate, fato que atualmente não ocorre.

O ex-ministro da Previdência, Ricardo Berzoini, afirma que o momento atual é muito difícil e que o golpe aplicado no Brasil tem objetivo claro de privilegiar os mais ricos em detrimento das conquistas sociais.

Berzoini esclarece que, no caso da Reforma da Previdência proposta pelo governo golpista, a intenção é fazer com que grande parcela da população migre para planos de previdência bancária dos bancos

O ex-ministro estima que anualmente cerca de R$ 70 bilhões possam migrar da previdência social para a privada. “A previdência gera uma proteção social. A reforma tem um traço de exclusão social”, avalia.

O diretor da Federação dos Bancários do Centro Oeste, Jacy Afonso, defende que as conquistas obtidas pelos governos de esquerda na América Latina correm o risco de desaparecerem. “A luta não é apenas no Brasil”, afirma.

Ele relata que o processo de retirada dos direitos trabalhistas está em pleno andamento no Senado e na Câmara dos Deputados. “A cada dia acontece um pequeno golpe nas comissões do Congresso”.

Todos concordam que o momento é de mobilização para buscar manter os direitos sociais conquistados durante os governos do PT. Necessário, também, buscar o corpo a corpo com os trabalhadores com o objetivo de conscientização a respeito das perdas sociais que o governo golpista quer implementar no Brasil.

Fonte: Ceilândia em Alerta

CUT-RS lança jornal especial contra reforma da Previdência

Publicado
A CUT-RS, em conjunto com federações e sindicatos filiados, lançou nesta segunda-feira (13) um jornal especial contra a reforma da Previdência para distribuição aos trabalhadores e à população. O material de quatro páginas já está sendo entregue pelos Comitês Sindicais e Populares, que as entidades estão organizando na Capital e no Interior do Rio Grande do Sul para combater a reforma mais perversa do governo ilegítimo de Michel Temer (PMDB).

Clique aqui para acessar o jornal.

Na capa, o jornal apresenta a marca da campanha “Reforma da Previdência – PEC 287. Sua aposentadoria acaba aqui”. Nas páginas centrais, o material traz sob o título “A verdade sobre a Reforma da Previdência” um total de 16 perguntas e respostas, com o objetivo de esclarecer os principais pontos da proposta do governo golpista, desmentir a propaganda enganosa na mídia, denunciar que a Reforma visa beneficiar os planos privados de Previdência e tirar as principais dúvidas dos trabalhadores.

Já na última página, o jornal exibe quem apoia Temer no Congresso Nacional, com as fotos, os nomes e os partidos dos deputados e senadores da base do governo. Há uma chamada para os trabalhadores: “Deputados e senadores pediram seu voto. Não deixe que votem contra você”.

Ao final, a CUT-RS, federações e sindicatos mandam um recado aos trabalhadores e às trabalhadoras. “Com essa Reforma da Previdência, você tem duas opções: trabalhar até morrer ou morrer trabalhando. É o fim da sua aposentadoria. Acompanhe de perto as manifestações da bancada gaúcha que apoia o governo Temer e exija que votem contra a Reforma da Previdência. Se você entrar na luta, a Reforma não passa. Vamos juntos construir a Greve Geral”.

O secretário-geral adjunto da CUT-RS, Amarildo Cenci, ressalta que “estudos comprovam que a Reforma da Previdência é o fim da aposentadoria e, para evitar que seja aprovada no Congresso, temos que pressionar, e muito, os deputados e senadores que apoiam Temer”.

Para Amarildo, “é inaceitável trabalhar até morrer ou morrer trabalhando. Vamos à luta em cada local de trabalho, em cada município, para derrotar essa proposta vergonhosa dos golpistas e usurpadores da Nação”.


Fonte: CUT-RS
Não deixe de ver!