Responsive Ad Slot

SCS Quadra 3, Bloco A, Entrada A/B, Lote 40
70303-901 - Edifício Planalto, Sala 106
(61) 3347-6110
Últimas Notícias

Eletricista com habilitação profissional - registro no CREA

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Saiba mais sobre o registro no CREA e a importância de contratar um eletricista com registro profissional no CREA para ter segurança e garantia em suas instalações elétricas residenciais, comerciais, prediais e industriais.

O CREA é o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia e tem com objetivo regular e organizar essas atividades, tanto em nível técnico (profissionais com formação de grau médio) quanto em nível superior (engenheiros e agrônomos com terceiro grau).

Em tese, toda empresa deveria atuar  somente se seus profissionais tivessem registro no CREA. Esse documento comprova que esses profissionais estão habilitados e autorizados a exercerem de forma legal a profissão.
Alguns “eletricistas” argumentam que possuem “X” anos de experiência e por isso não precisam de tal registro. Mas ocorre que, além de  ter um treinamento adequado é obrigatório possuir o documento que comprova essa habilidade. Para o exercício da profissão, principalmente em serviços que envolvem eletricidade e instalações elétricas, é fundamental estar amparado na lei.

As Escolas Técnicas e Universidades são fiscalizadas por órgãos superiores e por isso são obrigadas a se manter atualizadas com o conteúdo dos seus cursos, além de ensinarem a seus alunos as normas de segurança da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) principalmente as normas regulamentadoras do ministério do Trabalho e Emprego - MTE, muito requisitadas nos dias de hoje. São exemplos de normas regulamentadoras a NR-10 (Segurança em instalações e serviços em eletricidade), NR-35 (que regulamenta questões de trabalhos em altura) e a NR-12 (que regulamenta questões de segurança e proteções em máquinas).

Essas normas são baseadas em testes contínuos com diversos fabricantes e são passadas para TODOS os cursos que emitem o registro no CREA.

Eletricista Credenciado e Eletricista com CREA

O termo Eletricista Credenciado designa o profissional com CREA que tem experiência em executar Padrão de Entrada, Aumento de Carga e todos os trâmites de instalações Elétricas Comerciais, Prediais, Industriais e Residenciais.

Esse profissional entende da execução prática desses procedimentos (a preparação e a instalação elétrica propriamente dita), da questão técnica e planejamento (laudo técnico e projeto elétrico), além da questão burocrática (formulários e procedimentos administrativos) e ART - Anotação de Responsabilidade Técnica.

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES
  • Antes de contratar, verifique se as empresas prestadoras de serviços, estão regulares com o Conselho de Engenharia e Agronomia do Distrito Federal - CREA/DF e Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Distrito Federal - CAU/DF, em caso de dúvidas procure o CREA/DF ou CAU/DF;
  • Elaboração de projetos elétricos, execução de instalações elétricas, serviços de SPDA (Aterramento), a empresa deverá possuir em seu quadro técnico engenheiro eletricista com atribuição do artigo 8° da resolução 218/73 do Confea.
  • Serviços de reformas de pilotis, fachadas, pinturas, serralherias, impermeabilização de telhado, lajes, paredes, caixas d’água, acabamentos em cerâmicas e porcelanatos, pastilhas, entre outros afins, a empresa deverá estar regular com CREA/DF ou CAU/DF e ter em seu quadro técnico Responsáveis Técnicos, Engenheiros Civil e/ou Arquitetos.
  • Não contrate profissionais ou empresas que não são registrados no CREA/DF ou CAU/DF;
  • Quem garante os serviços de engenharia, são somente os profissionais que apresentam a Anotação de Responsabilidade Técnica - ART devidamente registrada no CREA/DF ou Registro de Responsabilidade Técnica - RRT devidamente registrada no CAU/DF referente aos serviços contratados.
  • Reformas ou ampliações a serem realizados dentro de apartamentos, recomenda-se que o síndico exija dos proprietários a apresentação da ART / RRT, podendo ser responsável o técnico, engenheiro ou arquiteto. Assim sendo, o síndico estará isento das responsabilidades civil e criminal, estando amparado por lei e pela NBR 16280:2014 que dispõe sobre planejamento e procedimentos técnicos em reformas e manutenções prediais.
Notícias relacionadas:

» Conheça a nova carteira do CREA
» Projeto prevê registro de técnico agrícola e industrial no Ministério do Trabalho
» 7º ENCONTRO DE PROFISSIONAIS ELETRICISTAS DO DISTRITO FEDERAL
Não deixe de ver!