Responsive Ad Slot

SCS Quadra 3, Bloco A, Entrada A/B, Lote 40
70303-901 - Edifício Planalto, Sala 106
(61) 3347-6110
Últimas Notícias

Energia elétrica sem fio: diga adeus aos cabos e tomadas

quarta-feira, 11 de março de 2015


Já imaginou seus eletrodomésticos sem fios para ligar a tomada e gagdtes sem entradas de plugs para carregadores? Parece tecnologia do futuro ou de algum filme de ficção cientifica, mas esse futuro esta mais perto do que você imagine.

Se você imagina que está tecnologia avançada é nova se enganou, este tecnologia quem inventou foi o engenheiro croata Nicolas Tesla a mais de 100 anos atrás. O engenheiro croata conseguiu naquela época acender uma lampada sem a intervenção de nenhum fio ou contato físico com algum transmissor elétrico. Infelizmente o conceito era muito avançado para aquela época e com nenhum apoio acabou sendo esquecido neste ultimo século.

Apesar do conceito ter ficado esquecido por um grande período ele está voltando com tudo. Seus estudos já estão bem avançados e o céu é o limite e provavelmente muito em breve estaremos utilizando equipamentos com esta tecnologia.

Como funciona?
Se você pensar nas boas e velhas ondas de rádio e no Wi-fi que você utiliza no seu celular ou no seu notebook você já começa entender como funciona está tecnologia. Ela é totalmente sem fio e é espalhada no espaço a sua volta, pelo ar assim como as tecnologias já citadas.

A eletricidade sem fio funciona com o conceito de indução de campos magnéticos, a tecnologia transfere energia elétrica através de campos magnéticos que oscilam com altas frequências que variam de 100 mil a 10 milhões de vezes por segundo, mas não se preocupe a tecnologia é tão segura quanto as ondas de celular. Este sistema funciona com duas bobinas, uma que funciona sendo a transmissora e outra como receptora.

O alcance vária dependendo do tamanho das bobinas. As bobinas não serão aparentes, elas serão como antenas na verdade que ficarão embutidas dentro dos aparelhos.

Vantagens e Desvantagens
As vantagens desta tecnologia são muitas e a utilidade é ampla, são inúmeros exemplos que podemos citar aqui para você ter ideia da dimensão que isto afeta. Imagine você nunca ter que se preocupar em carregar seu celular, apenas deixá-lo dentro do alcance do transmissor que ele carrega sozinho, são muitos aparelhos que poderia se beneficiar desta tecnologia como por exemplo controles remotos, notebooks, eletrodomésticos, carros elétricos e assim por diante. A próxima geração talvez nunca mais se depare em ter que plugar algum equipamento na tomada.

Falando nas desvantagens, elas já não são tantas assim. A primeira seria porque a tecnologia ainda esta em fase de desenvolvimento e o alcance ainda não é dos mais distantes, o segundo seria a eficiência elétrica, a uma certa perda de energia elétrica no processo fazendo que a eficiência para equipamentos menores seja de 80% e maiores de 90%. Infelizmente este processo consome mais energia elétrica fazendo que sua conta chegue um pouco mais cara no final do mês, mas não é nada que seja tão absurdo assim.

Fonte: Olhar Digital e Tecmundo
Não deixe de ver!